Rádio Pioneira
Cotações de Tangará da Serra em 20/12/2014: Algodão Pluma em Campo Novo: R$ 49,44/ Arroz: R$ 44,89 | Bovino: R$ 128,91| Milho: R$ 16,45 | Soja: R$ 57,18/ Fonte: Agrolink
Conheça nossos parceiros



enquete

Como você avalia o ano de 2014 na sua vida?

Difícil – foi um ano de crise
Não costumo refletir sobre isto
Nem melhor, nem pior do que os anos anteriores
Positivo – consegui alcançar muitas metas
Classificados, clique e confira!

Notícias / Polícia

Tangará: moradores da Vila Goiânia interditam rodovia após criança ser atropelada

terça-feira, 01 de abril de 2014
Fotos: Gilvan Melo
Fotos: Gilvan Melo

Uma criança de 7 anos de idade foi atropelada nesta terça-feira no bairro Vila Goiânia. Ela atravessou a rodovia MT 358 e foi atingida por uma motocicleta. O acidente aconteceu por volta das 11h.


De acordo com o sargento Emanuel Fabiano do Corpo de Bombeiros, no local a guarnição encontrou duas vítimas, a condutora da moto Jayne Santos Gonçalves e a criança D.R.O. O SAMU iniciou o atendimento à condutora da moto que sofreu escoriações. Já a menina estava consciente orientada e apresentava um corte na testa. Conforme o sargento, a princípio a criança não tinha suspeita de fratura, foi encaminhada ao Hospital Municipal pelos Bombeiros e ficou sob cuidados médicos. Informações levantadas pela reportagem da Rádio Pioneira dão conta que ela sofreu traumatismo craniano.


A condutora da motocicleta disse que a criança atravessou repentinamente a pista e devia estar distraída conversando com amigas. Ela contou que não estava correndo, mas não conseguiu evitar a colisão. “No local não tem sinalização, não tem faixa de pedestre nem quebra-molas, tentei desviar, mas não deu”, comenta.


O Cabo Prado da Polícia Militar informou à reportagem da Rádio Pioneira que o acidente foi causado pela falta de atenção da condutora da moto e da criança. “A motociclista devia estar em alta velocidade o que ocasionou o acidente”, relatou.


MORADORES TRANCAM RODOVIA – Após o acidente a população revoltada decidiu trancar a rodovia. Eles cobram a instalação de quebra-molas na rodovia.


A reclamação já foi noticiada na Rádio Pioneira onde na ocasião moradores pediam pela reinstalação de quebra-molas no local, que foi retirado para duplicação da rodovia.


Os veículos aproveitam a situação e passam em alta velocidade colocando em risco a segurança de moradores e principalmente de crianças que vão à escola e precisam atravessar a rua. Inclusive o mesmo trecho já foi cenário de acidentes fatais.


O presidente da associação de moradores, Nivaldo Pereira, disse que já levou a reclamação para Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra) e ouviu do secretário Francisco Clemente, que ele não poderia instalar quebra-molas na rodovia, enquanto a empresa Guaxe não concluísse a duplicação. “Vão esperar o que mais? Será que a população precisa fazer os quebra-molas? Nós trancamos a rodovia e não vamos deixar ninguém passar não. Queremos uma solução”, disparou.

Fonte: Lucélia Andrade com Gilvan Melo

comentar

indicar

comentários

JULIANA comentou em 02-04-2014 às 17:17

FALTA DE ATENÇÃO PRINCIPALMENTE DOS PAIS SIM! COMO DEIXAM UMA CRIANÇA DE SETE ANOS ANDAR SOZINHA NA RUA. RESPONSABILIDADE DOS GOVERNANTES TAMBÉM, POIS LIBERARÃO UMA VIA PUBLICA SEM SINALIZAÇÃO, AGORA NÃO ADIANTA COLOCAR A CULPA SÓ NA CONDUTORA, CLARO QUE ELA TEVE SUA PARCELA DE CULPA, MAIS UMA CRIANÇA DESSA IDADE TERIA QUE TER UM RESPONSÁVEL AO SEU LADO AO SAIR DA ESCOLA. TOMARA QUE COM TODO ESSE ALVOROÇO O PREFEITO JUNTAMENTE COM SEU SECRETARIO RESOLVA A SITUAÇÃO DOS MORADORES, E QUE DEUS ABENÇOE ESTA CRIANÇA PARA QUE ELA TENHA UMA RÁPIDA RECUPERAÇÃO.

anonimo comentou em 02-04-2014 às 11:54

falta de responsabilidade dos pais nada !
falta de responsabilidade da condutora da motocicleta que estava sem atenção e conversando, deve ter comprado a carteira só pode.
E falta de responsabilidade das autoridades também, cadê a faixa de pedestres e o quebra molas ?
será que a mãe da menina terá que sair do emprego para buscar e levar a filha para a escola ?

Maria do Carmo Sousa comentou em 01-04-2014 às 20:17

não sei se vocês viram que entre os pneus existe uma placa arrancada pelos manifestantes , e ainda querem criminar alguém achar algum culpado , é facil deixar uma criança de sete anos atravessar uma avenida movimentada desta , esta responsabilidade é da mãe e da família . Quem tirou a placa indicando que alí sim havia um quebra-molas. Eu tenho certeza de uma coisa que não fui . Quem é o verdadeiro culpado é quem tirou a placa .

anonimo comentou em 01-04-2014 às 19:13

Kde a mae dessa crianca que nao estava cuidando dela??? Agora querem colocar a culpa na condutora da moto...

SOARES comentou em 01-04-2014 às 18:43

Por que uma criança de 7 anos atravessaria sozinha uma rodovia movimentada?

Concordo plenamente que falta sinalização, semáforos, faixa de pedestres, passarelas... mas nada disso vai evitar acidentes se não houver cooperação da população. Uma criança atravessar uma rodovia é irresponsabilidade dos pais.

lucas comentou em 01-04-2014 às 17:24

parabens ao povo so assim pra evitar mais tragedia



Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail.

Pedido Musical


Fotos dos internautas