07/09/2014 19:57

Quantidade de visualizações: 28369

Marlenne Maria com Gilvan Melo

Fotos: Gilvan Melo/Rádio Pioneira

O avião caiu por volta das 13h30min na tarde deste domingo (07) ao lado da pista que dá acesso ao anel viário, já próximo a um aeroporto de Tangará da Serra. A aeronave de passeio levava o empresário Sergio Evaristo Varnier, 54 anos, seu filho Ernesto Sergio Varnier, 20 anos,  além do piloto, Reginaldo
Souza Oliveira, 31 anos.

Informações colhidas pela reportagem dão conta de que a esposa de Sergio Varnier, Silvana Varnier, também empresária, aguardava o grupo no aeroporto e ao avistar a aeronave em queda deslocou-se ao local. Antes que o avião explodisse e se incendiasse ela conseguiu retirar do avião o filho e também o piloto, mas não houve tempo para resgatar o empresário que teria ficado preso nas ferragens.

Quando a equipe do Corpo de Bombeiros chegou ao local, o SAMU já conduzia os sobreviventes ao hospital.

O Tenente Leilson, do Corpo de Bombeiros, falou em entrevista à reportagem da Rádio Pioneira. “Segundo testemunhas o avião veio rodopiando. Realizamos o combate às chamas haja vista o perigo de explosões secundárias e o risco de incêndio na região que é de mato seco. A princípio tivemos uma vítima carbonizada”, disse ele.

As equipes de perícia estiveram no local fazendo levantamentos iniciais e a retirada do corpo do empresário. A causa do acidente deverá ser investigada pelas autoridades. Testemunhas relatam que o avião teria acertado um poste antes de vir ao solo.

O corpo do empresário Sergio Varnier deverá ser liberado para velório a partir das 23 horas deste domingo no CTG Aliança da Serra. Horário de sepultamento ainda não foi marcado.